Papo de… Adulto?

6 fev

Ok, não sou mais criança nem me considero mais uma adolescente. Porém, não creio que seja uma adulta completa. Sabe aquela coisa de “transição”? Acho que é meio por aí.

Outro dia estava eu linda na sala dos professores, como vocês devem saber sou professora de inglês (temporariamente), quietinha no meu canto, cuidando da minha vida quando três outras professoras (todas com mais de 40 anos) entram, sentam na mesa e começam a falar sobre filhos, bebês, maridos e netos. Continuei na minha, até que uma dela vira e diz: “você não acha, Lisiane?”

PERAÍ, GENTE! PARA TUDO! Por que raios essa mulher me perguntou isso? Eu, honestamente, nem prestava muita atenção no que elas estavam falando, já que não era nada que me interessasse ou que eu pudesse opiniar. Então simplesmente perguntei do que se tratava e ela me respondeu com um “estávamos falando de como é difícil cuidar dos filhos e trabalhar ao mesmo tempo.”

Ai, meu Deus, como é que eu deveria saber a resposta daquilo? Aliás, por que é que ela estava me perguntando aquilo? Tudo bem, que as pessoas sempre acham que eu sou um pouco mais velha, mas daí a achar que eu já tenho marido e filhos e sei lá mais o quê? Enfim respondi com um educado: “Ah, não faço idéia. Só tenho 19 anos e não pretendo ter filhos antes dos 30.” Pensando bem… será que isso foi educado? Não faço idéia.

Só sei que depois desse fatídico episódio, prestei atenção na conversa delas e me peguei pensando: “Será que um dia quando eu for mais velha, também vou falar desse tipo de coisa? Deus, me ajude. Não quero ficar chata desse jeito.”

Se isso for assunto de adulto, por favor, que eu fique jovem para sempre. Não me entendam mal, claro que quero ter uma família um dia, mas não quero que tudo gire em torno disso.

Então, pra finalizar, peço que quem ainda conviver comigo quando eu estiver mais velha, me pare quando eu começar a ser chata. Me lembrem que falar de livros, filmes e música ainda é válido. Sem contar os caras lindos de bandas e séries.
Ouviram, né Nanda e Kah?

Anúncios

8 Respostas to “Papo de… Adulto?”

  1. Nanda fevereiro 7, 2012 às 12:05 am #

    Você quer que EU fale sobre ser chata? HAHAHAHAHA
    Tese de TCC! -maq

  2. Karina fevereiro 7, 2012 às 10:37 pm #

    COMO ELA PÔDE ACHAR QUE VOCÊ TINHA FILHOS? WTF
    E digo o mesmo, se um dia eu começar a falar só de coisas assim, ME CHUTE. Meus pais tem uns amigos que quando se juntam, a conversa é SÓ a vida dos filhos e tal. Como é que faz uma vida sem comentar coisas aleatórias?? zzzzzzzz

  3. Lilah Aoki fevereiro 9, 2012 às 2:42 pm #

    Ahhh, nossa… mas esse tipo de conversa eu sempre ouço em reuniões de família, quando aquelas tias aparecem e… brincadeira. Na verdade, eu ouço isso de algumas amigas minhas. A maioria delas já está casando ou já têm filhos >.< u tenho 21 anos, mas ainda falo de amor platônico por meu ídolo, dos livros e músicas que eu curto… e acho que isso não vai mudar tão cedo.
    Como você disse, não dá pra sempre falar sobre filhos e marido… talvez um dia… espero que não chegue tão cedo o.o suhasuhasuashasuah

  4. Marie. fevereiro 9, 2012 às 9:20 pm #

    Cta acabada hein miqs? AUSHDUEHAUSHD TE AMO!
    Esse povo todo tá é LOUCO! Eu com meus belos 20 anos to mais preocupada em como conquistar Zacky Vengeance, C ASHA que eu to pensando em filho? Só se for do Zacky e

  5. Lay fevereiro 9, 2012 às 9:20 pm #

    Nuss, nem me imagino falando sobre filhos, bebês e netos. Acho que é questão de transição mesmo, no entanto tem jovens de19 anos que tem filho, ela achou que você é tivesse, que tenso. Não achei que você foi grossa, você foi sincera. =D

    Bjs! \o/

  6. Ju Lemos fevereiro 14, 2012 às 12:19 pm #

    Pior que o passar do tempo e para algumas pessoas novas responsabilidades, ficamos chatas – em alguns aspectos. Por mais que a gente não queira a vida corre para esse caminho, claro que umas pessoas se tornam mais chatas e outras apenas mais exigentes…

  7. Milena M. fevereiro 14, 2012 às 4:23 pm #

    Realmente, é chato demais! Mas sabe, acho que é muito difícil fugir disso. Por exemplo, antes eu achava um saco pessoas que falam sobre faculdade/o curso delas. Hoje, de vez em quando, me pego falando sobre isso com as minhas amigas. E o pior: elas também. E o pior ainda: nós gostamos!
    Deus nos livre da chatice, espero que tenha parado por aí.
    Beijo!

  8. Fernanda fevereiro 18, 2012 às 11:41 am #

    Pessoas mais velhas acham que só tem esses assuntos pra falar, e não é por aí. Admiro muito minha mãe porque ela consegue ter todo tipo de assunto com todo mundo, não tem faixa etária pra conversar com ela! HAHAHA
    Não se preocupe, não é todo mundo que fica mais velho e mais chato!
    Beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: