Viva La Vida

4 jan

Esse é o primeiro post oficial do Nothing is Impossible. \o/
Há meses eu quero criar esse blog, mas tava completamente sem tempo com faculdade e trabalho e blá blá blá. Mas finalmente ele está aqui! Não totalmente pronto porque ainda faltam umas coisinhas e panz, mas já já dou um jeito nisso. 🙂

Como está 2012 até agora? Admito que já começou com mais drama do que eu esperava, mas… não é como se as coisas na minha vida fossem completamente boas. Nunca foram, não iam começar agora, não é mesmo?

Mas enfim, queria começar esse ano com um post sobre os livros que li em 2011. Um post que, por sinal, foi totalmente roubado da Kah, o que, diga-se de passagem, eu tenho total autoridade pra fazer… já que eu sou uma pessoa divinamente folgada.

Não, eu não li todos os livros que queria ter lido em 2011. E isso é um total absurdo, já que foi a primeira vez que aconteceu. Culpa da falta de tempo, essa vadia. hahaha ;x  Mas pedi ajuda ao Skoob pra me lembrar de tudo que li e fiquei decepcionada: uma quantidade lastimavelmente pequena, hunf:

Teorias da Comunicação (Antonio Hohlfeldt); Feios (Scott Westerfeld); Diários do Vampiro – Reunião Sombria (L.J. Smith); Um Amor pra Recordar (Nicholas Sparks); The Notebook (Nicholas Sparks); O Milagre (Nicholas Sparks); At First Sight (Nicholas Sparks); Beijada por um Anjo (Elizabeth Chandler); O Livro de Ouro da Comunicação (Silvana Gontijo); A Publicidade é um Cadáver que nos Sorri (Oliviero Toscani); O que é Comunicação? (Juan Bordenave); A Mulher do Viajante no Tempo (Audrey Niffenegger); Um Dia (David Nicholls).

Virei a noite lendo: Um Dia. Porcaria de livro viciante, gente. Sério, a história é divertida, contemporânea e nada melosa. Não consegui parar de ler um minuto.

Chorei de soluçar: The Notebook. Não é novidade nenhuma que o Nick me faz chorar rios, né. Mas esse… sempre teve um valor especial. ❤

Decepção do ano: Um Amor pra Recordar. Não me entendam mal, o livro é uma gracinha. Porém, não é essa Coca-Cola toda que todo mundo sempre falou, eu não derramei nem uma lágrima. E o filme é mais divertido (olha que isso é raríssimo de eu falar).

Livro irrelevante e abandonado do ano: Beijada por um Anjo. Sinceramente, como é que essa porcaria tá fazendo sucesso? Eu simplesmente odiei esse livro e não tive remorso algum de abandonar. Enredo que tinha tudo pra ser muito bom, mas foi estragado por uma péssima escrita (chata e tediosa) e personagens completamente bobos e sem graça.

Grifei: Eu NUNCA grifo livros. Acho isso um absurdo e me dói no coração ver pessoas fazendo isso, mas algumas passagens me marcam e esse ano foram duas que, obviamente, não vou explicar porquê gosto tanto.

A primeira é de The Notebook:
Eu me apaixonei por ela enquanto estávamos juntos, e me apaixonei ainda mais nos anos em que ficamos separados.”

E a segunda é de A Mulher do Viajante no Tempo:
“Às vezes, me pergunto se essa disposição, essa esperança, impede que o milagre aconteça. Mas não tenho escolha. Ele vem, e eu estou aqui.”

O pior livro de 2011: O Livro de Ouro da Comunicação. Tudo bem que é necessário pra faculdade e pras provas e tal, mas puta lvro enjoado. u_u

Soco no estômago: O que seria essa categoria? Muito ruim que chega a doer? Ou muito bom que chega a doer? Não faço idéia.

O mais chato: Mais chato pra mim é a mesma coisa que pior e irrelevante e abandonado, então serão os mesmos.

Morri de rir: Feios. O livro além de ser ótimo, tem cenas e situações engraçadíssimas.

Aventura, fantasia ou infanto-juvenil: Feios. Vou julgar como Aventura, porque é exatamente isso que tem no livro: aventura do início ao fim. Quem já leu, saiba que o David é meu e eu não divido, tá? -q

O melhor livro de 2011: A Mulher do Viajante no Tempo. Simplesmente muito melhor do que eu imaginava. Não tem nada nesse livro que eu não tenha gostado.

Por hoje é só! Volto assim que tiver algo interessante pra falar. 🙂

Anúncios

2 Respostas to “Viva La Vida”

  1. Karina janeiro 6, 2012 às 5:31 pm #

    Você tem um blog de novo, olé! Ficou lindo aqui, só pra constar.
    2011 não foi fácil pra ninguém no quesito leitura, né? Tempo, por favor, seja bondoso com a gente em 2012!!! E eu nem coloquei as minhas leituras obrigatórias no meme porque senão nem teria graça a competição do mais chato, abandonado e tal AHAHAHAHA. Essa sua quote de A Mulher do Viajante no Tempo me fez ficar com uma vontade LOUCA de ler logo. To há dias sem ler nada, mas é esse que lerei agora. Presente de uma pessoa muito linda, aliás. hihi
    Beijosmil ❤

    • Lisi janeiro 6, 2012 às 8:14 pm #

      A Mulher do Viajante no Tempo é amor demais. E eu tbm acho a pessoa que te eu esse livro linda demais, tá? hahaha ;x

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: